vendas@metalmag.com.br 11 5523-8400


Ímãs de Terras Raras

Ímãs de Terras Raras resultam de tecnologia relativamente recente (1.990), época na qual foi identificada a elevada energia magnética que é possível armazenar em peças sinterizadas a partir de combinação de Ferro, Boro e Neodímio. Resultaram ímãs de poderio elevado, que viabilizaram aplicações diferenciadas a partir daquela data.

 

Vazão de granéis

Em muitos aspectos, a vazão dos granéis se assemelha à de líquidos, principalmente quanto à mobilidade relativa dos grãos. Assim, em meio à correnteza de um granel propelido, o grau de agregação se reduz, assemelhando-se a uma redução de viscosidade em um meio líquido, facilitando o rearranjo. Este fenômeno é aproveitado no tocante à separação de impurezas.

 

Exemplo referido a açúcar

É de conhecimento de fabricantes de açúcar que o produto está sujeito a trazer, misturados ao substrato comestível, grãos de minerais de Ferro, geralmente provenientes do solo em que é plantada a cana-de-açúcar ou outros vegetais usados na cultura de açúcar. As impurezas contribuem para degradá-lo, podendo inclusive torná-lo impróprio para o consumo. É o InMetro que fiscaliza e monitora periodicamente o produto proveniente dos diversos fabricantes, quantizando, entre outros parâmetros, os índices de contaminantes presentes no granel. O InMetro adota um parâmetro limítrofe, que não admite ultrapassar a concentração de 10 mg/kg, o que equivale a 10 ppm. O documento correlato descreve inclusive as alterações no sabor do produto e efeitos nocivos à saúde dos usuários. Diversas normas nacionais e internacionais descrevem igualmente os níveis de aceitabilidade de açúcar refinado.

 

Filtragem por grades magnéticas

Evidentemente, o processo viabiliza aplicações com outros granéis, como farináceos ou compostos químicos, granéis para transformação térmica, etc., aumentando a confiabilidade de processos, assegurando qualidade superior, e evitando reações indesejáveis.

Uma vantagem do Ferro é ser sensível a magnetismo, mesmo na forma de composto, caso dos óxidos, assegurando processo puramente físico de segregação de partículas, limalhas, rebarbas e filamentos, para se limitar aos detritos de pequeno porte.

Um dos requisitos das assim chamadas grades de filtragem é o alcance, garantido pelo extensão do campo magnético, que também determinará a máxima velocidade de passagem do granel, de modo que a inércia não possibilite o desprendimento dos detritos-alvo, e assim continuar integrando o granel. Finalmente, a grade deve representar um obstáculo discreto ao fluxo de granel, representando perda de energia reduzida na velocidade de produção. Evidentemente, à medida que detritos ferrosos se acumulam sobre os ímãs da grade, a resistência ao fluxo tende a aumentar, reduzindo a produtividade, aumentando a demanda por energia de propulsão, e criando o risco de arrasto dos detritos de volta ao granel. Isto implica a necessidade de remoção periódica dos detritos, um ciclo de limpeza da grade, exigindo a remoção da grade do processo. Caso a grade seja única, implica em parada do processo durante o ciclo de limpeza, o pode ser evitado através de alternância entre uma grade limpa e a grade por limpar, o que dispensaria o período de parada.

 

7 de junho de 2016
Voltar