vendas@metalmag.com.br 11 5523-8400

Mecânica 2014 – A mais importante feira da indústria Metal-Mecânica contou com a participação da Metalmag

 

Realizou-se no pavilhão de Exposições do Anhembi mais uma edição da maior feira da industria Metal-Mecânica do Brasil, a Mecânica 2014, entre os dias 20 e 24 de maio de 2.014. A Metalmag mais uma vez esteve presente com sucesso, estreitando relacionamentos com velhos amigos e clientes e mostrando seus produtos para muitos clientes em potencial. Recebemos a visita de vários de nossos representantes país afora, que muito colaboraram para o sucesso de nossa participação na feira. Algumas fotos do evento:

 

what are failure models – pay to write my essay read full review tutors online tutoring

Novo Sistema Eletropermanente para carga e descarga de mesa de corte

 

A Metalmag acaba de entregar para um estaleiro baiano o mais complexo Sistema Eletropermanente já fabricado por nós. Trata-se de um Sistema para carga e descarga de mesas de corte, com capacidade de 9 toneladas, em chapas de até 2,44 m x 12,0 m.

 

A complexidade fica por conta da descarga dos retalhos, o que implica na necessidade de muitos cabeçotes, já que as peças cortadas são de variados tamanhos e formas. Foram utilizados 96 Levantadores do inovador modelo circular, dispostos em quatro fileiras de 16 peças.

 

Vejam fotos:

 

 

There are why not look right over here also some other surprising useful features lurking just below the surface

Reformas e Consertos METALMAG

 

Alem dos equipamentos novos, feitos sob medida para cada cliente, a Metalmag faz manutenção e reforma em equipamentos magnéticos em geral, de sua própria fabricação e de terceiros.

 

Neste mes de fevereiro de 2014, a METALMAG entregou mais uma reforma em equipamento de porte. Trata-se de um Sistema Eletropermanente para Levantamento com capacidade para chapas de até 12 toneladas e 12 metros de comprimento.

 

Este equipamento foi comprado por um importante estaleiro, num pedido de duas peças. Após anos de uso intenso, em ambiente agressivo exposto à atmosfera marítima, este estaleiro optou por enviar o equipamento para um retrofit completo, embora ainda estivesse operacional.

 

Vejam as fotos, antes e depois:

 

 

 

 

Vantagens da reforma:

 

– Equipamento retorna como novo

– Reforma e revisão de toda a parte elétrica

– Repintura e recuperação de partes oxidadas

– Nova certificação de capacidade de carga, pois todos os cabeçotes são testados novamente

– Garantia renovada por um ano

How do people define and who can write my paper for publishing measure development

Feira em Caxias do Sul – A Mercopar 2013 foi um sucesso

Este importante pólo industrial gaúcho sediou novamente a Mercopar, a melhor feira da indústria metal-mecânica do estado. A Metalmag, como não poderia deixar de ser, estava lá mais uma vez. Realizada na primeira semana de outubro e cada vez melhor em organização e visitação, a feira proporcionou excelentes novos contatos, de empresas de primeira linha, com muitas possibilidades de novas parcerias comerciais. Contamos com a sempre indispensável ajuda do pessoal da Hanke Representações, que nos representa no Rio Grande do Sul. Algumas fotos ilustram nossa participação:

 

A war essayforme writers hero, grant was admired throughout the north and was endorsed by union veterans

Intermach Joinville 2013 – A maior feira de Santa Catarina teve nova participação da Metalmag

Realizada a cada dois anos no maior pólo industrial de Santa Catarina, esta feira é a mais importante do estado, e aconteceu na segunda semana de setembro. Realizada em parceria com a Pingo Representações, nosso representante no Paraná e Santa Catarina, a Metalmag obteve ótimos resultados, tanto comerciais como institucionais. Pudemos estreitar laços com clientes e amigos e divulgar nossa linha para inúmeros clientes potenciais.  Vejam algumas fotos:

 

Intermach 2013

Panorâmica do estande 

Intermach 2013

Miguel (Tecnomira), Edison (Metalmag), Gabriel e Rosmar (Pingo)

 

 


A Guerra Mineral

Países denunciam a China para ter acesso a metais vitais na indústria de alta tecnologia

 

São incontáveis as guerras travadas para obter recursos naturais. Os exemplos vão da Guerra do Golfo, em 1991, aos conflitos de séculos entre franceses e alemães em torno da Alsácia-Lorena, região rica em ferro e carvão. Na indústria de alta tecnologia, os metais terrasraras sao insumos tão essenciais quanto o carvão foi na Revolução Industrial. Esses minerais (não confundir com metais raros, como ouro ou prata) conferem características especiais a ligas metálicas sem as quais seria difícil imaginar a existência de equipamentos de última geração, entre eles iPhones, lasers e carros híbridos, como o Prius (veja o quadro), O neodímío, por exemplo, 6 usado para produzir o ímã mais poderoso de que se tem notícia, e graças a ele os celulares podem vibrar. Para manterem acesso irrestrito a esses metais, as maiores potências prometem se lançar em uma nova batalha, mas, desta vez, nos tribunais da Organização Mundial de Comércio (OMC). trincheira na qual são travadas as atuais disputas econômicas. O consumo mundial dos dezessete elementos chamados de terras-raras hoje 6 de 150000 toneladas por ano, e só tende a crescer. Hoje, quase todo o fornecimento sai de minas chinesas. Em 1992, o então líder do Partido Comunista » Deng Xiaoping, teria dito que, se “o Oriente Médio tem petróleo,  nós temos os elementos terras-raras”. A frase tem um quê de exagero (afinal, a China detém cerca de metade das reservas conhecidas), mas o fato é que os chineses dominam esse mercado desde a meiade da década de 80. O baixíssimo preço no passado e os enxutos custos  de produção na China fizeram com que empresas de outros países não se interessassem pela exploração desses elementos. Resultado: o planeta ficou nas mãos da China. Estima-se que 97% da demanda mundial seja suprida pelo país.
Agora o governo chinês passou a estabelecer cotas de exportação. Os preços dispararam. O quilo do óxido de lantãnio, que já custou 4 dólares, chegou a mais de 150.
Na terça-feira, os Estados Unidos, a União Européia e o Japão entraram com uma ação conjunta na OMC para denunciar supostas restrições da China no fornecimento. Editorial publicado pela agência de notícias oficial chinesa Xinhtta classificou a ação na OMC de “imprudente e injusta” e disse que “a exploração excessiva impactou o ambiente”, por isso se fazia necessário o controle da produção.
Novas jazidas deverão começar a ser exploradas em outros países, como a Austrália e os Estados Unidos. O Brasil é detentor de grandes reservas. Até suas minas serem estatizadas nos anos 60 e entrarem em decadência, esses minerais eram extraídos e processados no Brasil. A monazita (mineral que contém terrasraras) tem ocorrência comum na areia de praias do Espírito Santo e da Bahia. Agora, grupos privados estudam prospectar essas riquezas minerais.

Revista VEJA – 21 de Março de 2012


Segurança máxima para o levantamento magnético de grandes cargas

Seguro, prático e econômico. Estas são as características principais do sistema de levantamento e movimentação de grandes cargas, denominado eletro-permanente.


O sistema é uma evolução dos modelos tradicionais de equipamentos de levantamento magnético de cargas que necessitam de baterias para prolongar o seu funcionamento em caso de falta de energia elétrica. Um comando elétrico, com a função de ligar e desligar o equipamento, aliado ao uso de imãs permanentes compõem a idéia básica do sistema operado por controle remoto sem fio.

O sistema eletro-permanente não necessita de energia para assegurar a sustentação da carga. Uma vez suspensa, os imãs permanentes internos do equipamento ficam magnetizados segurando a carga por tempo indeterminado. A continuidade do processo é possível somente quando houver outro pulso elétrico comandado pelo operador para a desmagnetização e liberação da carga.

 

Segurança é o grande diferencial deste sistema. O risco de queda da carga é nulo independente de falhas elétricas ou mecânicas, como por exemplo, o rompimento de um cabo, pois a fonte do magnetismo não está no uso da energia elétrica e sim nos imãs permanentes. Eventuais falhas humanas também estão descartadas porque um dispositivo de segurança impede que o operador desmagnetize o sistema sem que a carga esteja totalmente apoiada.

Outra vantagem considerável do sistema eletro-permanente é economia de energia visto que o equipamento necessita de pulsos elétricos por apenas 2 a 3 segundos para magnetizar e desmagnetizar os imãs.

Utilizado em larga escala na Europa, no Brasil este sistema é desenvolvido e produzido pela Metalmag Produtos Magnéticos, empresa especializada na fabricação de equipamentos e dispositivos magnéticos e imãs permanentes, presente há mais de 50 anos no mercado nacional.

“Nos últimos anos, o sistema eletro-permanente da Metalmag tem conquistado um espaço significativo no mercado brasileiro por se tratar de um equipamento seguro, econômico e prático, com o melhor custo benefício em relação aos demais modelos de sua categoria”, afirma Edison Batistella Junior, gerente Técnico Comercial da Metalmag. ”Mesmo priorizando a segurança, o sistema da Metalmag proporciona muitos outros ganhos para o cliente computados não somente em economia de energia como também de mão de obra e de espaço para armazenamento.”Em empreendimentos de maior porte, o sistema eletro-permanente aplicado ao levantamento e movimentação de grandes cargas é integrado à ponte rolante, sendo manipulado pelo próprio operador da ponte rolante por meio de controle remoto. Tal procedimento dispensa a presença de qualquer outro funcionário na área de carga e descarga o que implica otimização de mão de obra, maior segurança de trabalho e redução de tempo para o ajuste e movimentação da carga.

Em relação ao armazenamento, a magnetização com o içamento remoto de uma única chapa permite a sobreposição das chapas em pilhas sem o uso de caibros entre estas, usualmente necessários na estocagem das chapas. Desta forma, o volume das pilhas é significativamente menor assim como a área destinada ao armazenamento do material.

É importante ressaltar que o sistema nunca pega mais de uma chapa, adaptando-se automaticamente à espessura da chapa, não dependendo de intervenção do operador, eliminando o risco de operação inadequada.

 

Um mercado em expansão

“Buscamos oferecer um produto com alto coeficiente de segurança e de fácil instalação, operação e manutenção. No caso do sistema eletro-permanente, por exemplo, a manutenção do painel eletrônico de comando pode ser realizada pelo próprio cliente, pois seus componentes são produtos de prateleira, facilmente encontrados no mercado. Além disso, o risco ‘ zero’ de acidentes aliado à simplicidade de operação do equipamento dispensa a necessidade de treinamento dos operadores.”

A capacidade de produção da Metalmag é ampla e o cronograma fabril depende do porte do equipamento para o levantamento de cargas de 2 a 20 toneladas. Em se tratando de um equipamento customizado, o maior tempo da produção é tomado pelo projeto, com a adequação do produto às necessidades do cliente. Por esta razão, em um mesmo contrato, a entrega da primeira unidade requer maior tempo de produção do que as demais unidades da encomenda.

Para a Aliança Offshore, por exemplo, uma fábrica de componentes para a indústria naval em São Gonçalo (RJ), a Metalmag forneceu quatro equipamentos com sistemas eletro-permanente para o levantamento de chapas com peso máximo de 9 toneladas; destes, o primeiro foi entregue em 60 dias e os demais, a cada 15 dias.

Os projetos elaborados para a Aliança Offshore e para diversos clientes da Metalmag – Vale, Caterpillar, Gerdau, Mercedes Benz, entre outros – foram desenvolvidos por uma equipe de engenheiros especializados, buscando a melhor solução para as demandas do cliente por meio de uma integração total do sistema com as pontes rolantes já existentes em suas unidades fabris.

“Nossos projetos e equipamentos utilizam componentes totalmente nacionais, com exceção da liga magnética pela inexistência de fornecedores no País. Este é um aspecto muito importante nos produtos da Metalmag que resulta agilidade de produção e entrega dos equipamentos aos clientes bem como facilidades de manutenção e eventual reposição de componentes”, observa Edison Batistella Junior. “No momento em que os grandes empreendimentos buscam alcançar um elevado índice de nacionalização, acreditamos que a Metalmag detém as referências necessárias para participar do atual contexto de desenvolvimento da indústria brasileira e ampliar efetivamente o seu mercado de atuação no Brasil.”

 

Assista o vídeo do YouTube da Techno News: Sistema de levantamento e movimentação de grandes cargas Metalmag:

 

Fonte:  Techno News.  Website: http://www.technonews.com.br/