vendas@metalmag.com.br 11 5523-8400


Imãs e Magnetos Industriais

Os magnetos, também conhecidos como imãs, são objetos que provocam um campo magnético à sua volta. Estes produtos possuem propriedades magnéticas que são geradas pela movimentação dos elétrons no interior de sua matéria.

Todos os imãs possuem dois polos, sendo um chamado de “norte” e o outro de “sul”. E, estes polos, não podem ser separados, de modo que, se um imã for dividido, serão criados dois imãs menores com um polo “norte” e um polo “sul” cada.

Além disso, ainda existem os eletroímãs, que são equipamentos que só geram um campo magnético quando são acionados por uma corrente elétrica, de modo que é possível “liga-lo” e “desliga-lo” quando houver a necessidade.

 

TIPOS DE MAGNETOS

Os magnetos são divididos em diversos tipos, sendo eles: Natural ou Artificial, Permanente ou temporal.

Na primeira classificação, é possível definir o Imã Natural como sendo um mineral com propriedades magnéticas, como a Magnetita (formado de óxidos de Ferro II e III – Fe3O4). Já os Imãs Artificiais são corpos de material ferromagnético, que submetidos a um campo magnético intenso, adquirem propriedades magnéticas. Estes campos intensos podem ser gerados a partir da fricção com um imã natural ou pela ação de correntes elétricas.

Já para a segunda classificação, define-se como Imã Permanente aqueles que mantém seu poder magnético permanentemente, isto é, não podem ser desligados normalmente. No entanto, devido às suas características mecânicas, elétricas e térmicas, eles podem perder temporariamente o magnetismo. Por exemplo, um forte impacto, uma descarga elétrica ou uma aplicação elevada de calor fazem com que os imãs permanentes percam seu magnetismo temporariamente. Já os Imãs Temporais necessitam de uma fonte de ondas eletromagnéticas para serem temporariamente magnetizados, de modo que, ao se interromper estas ondas, o campo magnético gerado também é cessado.

Os eletroímãs tem seu campo magnético gerado a partir de uma corrente elétrica que passa por uma bobina, gerando o campo magnético. Assim, este pode ser classificado como um imã temporal.

 

UTILIZAÇÃO DE MAGNETOS NA INDUSTRIA

Os magnetos são equipamentos comumente utilizados no cotidiano e nas indústrias em geral. Estes equipamentos vem sendo utilizados desde uma simples bússola até equipamentos de terapia, também conhecida como Magnetoterapia.

Na Indústria, os magnetos tem seu uso muito difundido. Alguns exemplos de seu uso são os varredores magnéticos, utilizados para recolher cavacos em áreas de tornos, fresadoras e centros de usinagem, visando reduzir os custos de manutenção e segurança. Outro uso importante, são em tambores ou cilindros magnéticos, onde são responsáveis pela separação de resíduos ferrosos e partículas magnéticas contaminantes que possam existir nos produtos.

How feelings or pay for essay essaydragon.com emotions are translated into words varies from language to language
27 de outubro de 2016
Voltar