vendas@metalmag.com.br 11 5523-8400


Grade metálica e sua aplicação no mercado de grãos

O processamento de grãos possui várias etapas de tratamento e para cada tipo de grão há um conjunto de processos particular. Dentre estes tipos há os que retém palha, pedras, sementes de culturas que foram plantadas anteriormente na lavoura, insetos, poeira e objetos metálicos. Insetos, poeira, palha, sementes de outras plantas possuem facilidade de aparecerem como contaminantes nas colheitas de cereais, mas e os objetos metálicos, como
vão parar na plantação de soja, arroz ou qualquer outro tipo de cereal?
Um dos fatores é a mecanização. Por mais que a manutenção preventiva seja feita em máquinas e implementos agrícolas, não se pode descartar a possibilidade de que um parafuso, uma arruela ou um cabo de energia se desprenda do equipamento por conta de um acidente com um galho de árvore ou do impacto do implemento com uma porção de rocha mais rígida.
Outro é o fator cultural e o grau de instrução da população rural. Antigamente era muito comum as famílias que habitavam propriedades rurais enterrarem todo tipo de lixo que produziam, desde lixo orgânico, latas de alimentos, recipientes de óleo comestível ou lubrificante até grampos e fios de arame para cerca. Com o desenvolvimento tecnológico da agricultura, o uso de subsoladores pode trazer à superfície estes materiais enterrados e
acabam contaminando a produção de grãos.
Uma vez presente no grão, além de comprometer a qualidade do cereal, estes objetos metálicos podem gerar danos graves nos equipamentos que processam estes grãos. Desta forma, é muito comum, prudente e economicamente viável, fazer o uso de grelhas, peneiras ou grades magnéticas de alto desempenho, para garantir que objetos metálicos danifiquem os equipamentos e atinjam o consumidor final deste cereal. Um exemplo bastante comum é a
presença de objetos metálicos nos grãos de café, que se não forem eliminados podem danificar e causar grandes prejuízos nos moedores do grão.
Para alcançar o alto desempenho, as grades magnéticas são fabricadas com imãs de terras raras ou Neodímio, que além de não necessitarem de fonte de energia para funcionar, são ímãs de elevadíssima forma magnética. Pensando na velocidade do processo, estas grades podem ser projetadas com sistema de limpeza automática ou semiautomática, dispensando a intervenção humana ou simplificando ao máximo o processo de limpeza, eliminando ou reduzindo os custos de operação do equipamento.

21 de fevereiro de 2018
Voltar